mp3 Documentos Curso Video mapa
Volta

Intercâmbio de jovens budistas de 2017

Olá,sou o Matheus! Sou um dos jovens participantes do Intercâmbio de jovens budistas de 2017.
Tenho tanta coisa para escrever que não sei por onde começar.Foi muito gratificante ter a oportunidade de conhecer o Japão e conhecer outros jovens budistas de outros países com culturas diferentes do Brasil mas com um único mútuo interesse : aprender mais sobre o budismo e trocar experiências.
Cada um poderia escolher uma parte favorita da viagem,mas para mim seria o Home-Stay! Fomos acolhidos por uma família de monges que foram muito acolhedores e simpáticos.
Tiraram um tempinho de suas rotinas para levar nosso grupo para vários passeios e não se esquecendo da parte de estudos, copiamos Shoshingue e trouxemos conosco num livro de recordação!
Somente queria agradecer ao Hongwanji, ao Imai Sensei e Takahashi Sensei que nos ajudaram durante a viagem, ao Haruhisa Katata Sensei de Londrina por acreditar em mim e, ao pessoal de São Paulo que foram super simpáticos e dizer que aproveitei cada segundo da viagem. Recomendo a todos os jovens e que o intercâmbio continue por muitos e muitos anos.
Matheus Alves Margonar


Melhor experiência da minha vida! Estou muito grato por ter tido esta oportunidade de conhecer o Japão, ter aprendido mais sobre o budismo e, principalmente, ter vivenciado tudo isso. Durante o intercâmbio pude interagir com pessoas de cinco países diferentes: Estados Unidos, Canadá, Havaí, Brasil e Japão. Que foi algo extraordinário! Foi muito interessante conhecer novas culturas e também mostrar à eles alguns costumes brasileiros.
Esta viagem foi minha primeira experiência internacional, então pra mim foi tudo tão novo e desafiador que de certa forma é indescritível o que foi esta viagem para mim. Pude fazer grandes amigos durante o intercâmbio e eles sempre estavam abertos para conversar e interagir, o que achei super legal, por estar conversando com pessoas de outros países no idioma deles. Pessoas incríveis e divertidas com quem passei ótimos dias e tive uma grande identificação. Para mim, a melhor parte da viagem foi o Homestay onde eu, o Leandro e o Matheus ficamos no templo do Teramoto-sensei de Osaka, que foi um grande amigo e companheiro durante nossa estadia em seu templo. Ele e sua família sempre tentavam nos deixar confortáveis e felizes e grande parte das melhores experiências que eu tive nessa viagem foi junto a eles.
Uma em específico foi na última noite do Homestay onde ele organizou um churrasco com membros do Otera. Foi algo simples com os membros de lá, mas, para mim, fazer parte daquele ambiente, vivenciar aquilo e conhecer aquelas pessoas foi incrível e sempre será algo que me lembrarei por toda minha vida.
Yuji Fukumoto (Presidente Prudente)